Sobre a autora

 

Alice Davanço Quadrado, 56 anos é pedagoga com longa carreira na área educacional. Hoje é pesquisadora e coordena vários projetos e publicações em uma organização não-governamental de São Paulo. 

Neste livro em que narra a mais dolorosa fase de sua vida, ela utiliza o pseudônimo Alice Lanalice, em homenagem à sua filha Eliana. 

Laninha, como era carinhosamente chamada, havia confidenciado a um amigo a intenção de reverenciar sua intensa relação com a mãe caso viesse a ter uma filha, dando-lhe o nome de Lanalice. 

Resultado de um processo de enfrentamento da dor e de buscas a respostas até hoje não encontradas, este livro é um tributo à memória de Eliana, que completaria 27 anos em 20 de setembro de 2001.

Alice também pretende que ele seja o primeiro passo para a formação de uma entidade destinada a acolher pessoas enlutadas, especialmente mães que perderam seus filhos. Para ela, é uma forma de sair do luto e ir à luta, estendendo a mão àquelas que tiveram arrancada parte insubstituível de suas vidas.


Para entrar em contato com a autora, mande um e-mail para: lanalice@uol.com.br

Voltar